Marrakesh é uma cidade repleta de história, cultura e tradição. Esse posto norte africano é a capital de Marrocos: uma nação que mistura e equilibra culturas africana, europeia e do oriente médio.

Uma vez que Marrakesh é uma verdadeira miscelânea de culturas, é sem dúvida o lugar perfeito para visitar nas férias para relaxar, se divertir, e para exploração cultural.

marrakesh1 Gastronomia e Viagem  | http://www.royalfashionist.comMarrakesh é uma cidade cujos sons e cheiros penetram na sua alma e criam memória opacas das quais você jamais se esquecerá. O som do chá sendo servido ou o cheiro de suas ervas riquíssimas levarão você de volta ao souk: o caos das tendas no centro da vida marroquina criado para as pessoas se perderem por ele.

Você vai escutar sinos tocando o dia todo: a chamada para a oração das diversas mesquitas da cidade tocam cinco vezes por dia e vão pontuar todas as suas memórias neste lugar inesquecível. As pessoas de um lado para o outro definem a cidade, e são as pessoas que tornarão a sua viagem tão emocionante.

Por conta de sua localização na pontinha da África, e bem perto do Norte da Europa, Marrakesh tem acesso incrivelmente fácil, o que torna o lugar perfeito para visitar em férias.

Se você está considerando visitar Marrakesh na sua próxima folga, este é o nosso guia para passar 48 horas na cidade:

Visite a Mesquita Cutubia

Marrakesh abriga centenas de mesquitas, mas a Cutubia é sem sombra de dúvida a maior de todas. Construída no século XII, seu minarete mouro é tão alto que só pode ser visto a milhas de distância, tornando-se este um dos símbolos visuais mais populares e reconhecidos de toda a cidade.

A chamada à oração do minarete toca cinco vezes por dia desde 1158, e seu som é único, belo e ecoante. É uma vista lindíssima para as pessoas normalmente ocupadas que vivem na cidade pararem tudo o quer estão fazendo para orar, estejam elas na mesquita ou simplesmente em qualquer outro lugar.

mosque-1200x763 Gastronomia e Viagem  | http://www.royalfashionist.com

A mesquita é localizada na medina a sudoeste da cidade, mas devido à sua grande estatura, é muito fácil de encontrar.

É importante ressaltar que por ser este um local de veneração, não é possível entrar nas mesquitas sem que se pratique a fé muçulmana. Porém, sua arquitetura externa, de arcos tradicionalmente marroquinos, e incríveis estátuas e solos em volta da mesquita mostram que a visita é indispensável.

Embora se possa passar um dia inteiro explorando tudo o que a parte externa da mesquita (e de seus belíssimos jardins circundantes) tem a oferecer, nossa recomendação é de que apenas algumas horas são suficientes caso você só tenha 48 horas para ficar na cidade.

Explore os Souks

Marrakesh é praticamente sinônimo de souks. O souk é a primeira coisa que as pessoas lembram quando pensam em visitar Marrakesh. Para quem não sabe, o souk é uma feira ou bazar árabe tradicional, e é o lugar prefeito para uma imersão total na vida da cidade. souk Gastronomia e Viagem  | http://www.royalfashionist.com

Não importa quanto tempo você vá ficar em Marrakesh, passe uma boa parcela do seu tempo absorvendo o clima dos souks. Para uma visita de 48 horas à cidade, recomendamos metade de um dia explorando o souk.

O local antigo tem tudo o que você imagina e mais: você encontra encantadores de cobras, mágicos, ciganas e cantores folk. Você pode fazer uma sessão com uma vidente ou passar um tempinho com um curandeiro, que vai fornecer a você uma mistura de ervas para curar todas os seus problemas.

Se você não tiver interesse em interagir com as pessoas locais em seus serviços diferentes (e divertidos), uma coisa que todo mundo gosta de fazer no souk marroquino é comprar!

Tem muitas coisas incríveis que poderão te interessar, e uma mistura única de cores, texturas e cheiros que vão deixar você querendo comprar mais e mais. Eu poderia recriar o souk marroquino em meu apartamento depois da minha visita ao país!

Vale a pena comprar ervas e temperos frescos se você curte cozinhar comida caseira mesmo.

souk2 Gastronomia e Viagem  | http://www.royalfashionist.com

Para os fashionistas, os produtos de couro estão entre os melhores de todo o mundo: você pode até mesmo visitar um curtume no souk para ver as peças de couro passando pelo processo de secagem e tingimento. É uma experiência fantástica. Bolsas, cintos e outras peças pequenas de couro (tipo carteiras) valem muito a pena em Marrakesh.

Se você estiver em busca de lembrancinhas para levar para os amigos e família, uma joia étnica exuberante é sempre bem recebida, embora um conjunto para chá marroquino vá muito bem em qualquer cozinha.

Observação: Se você tem planos de fazer compras, é importante também aprender a dizer não. Os vendedores marroquinos são extremamente persistentes (de maneira bem irritante até), especialmente com estrangeiros. Se você está sendo pressionado para comprar algo que você não quer, um não bem dito e firme vai salvar o dia.

É importante também saber pechinchar. Nunca aceite o primeiro preço de nada: eles não esperam que você aceite mesmo! A permuta também acontece na forma de conversa jogada fora e é uma ótima maneira de interagir com as pessoas locais e conhecê-las melhor. Espere pagar em torno de 40 a 60 % do preço que lhe for sugerido logo de início.

snakes Gastronomia e Viagem  | http://www.royalfashionist.comExiste um ritmo de vida único nos souks, e pode ser difícil entender esse fato quando você não tem muito tempo no lugar: o barulho e o vai-e-vem pode deixar a gente meio tonto, e muita gente sai do souk da primeira vez se sentindo atordoada e confusa.

Se a ideia de andar pelo souk parece meio sem graça, nós recomendamos que você beba um chá de hortelã refrescante de um dos cafés de rua e veja o tempo passar.

Você verá tantas coisas inacreditáveis e inesperadas (desde ventríloquos até dentistas arrancando dentes à vista de todos) que para os aventureiros relutantes, você nem precisará entrar no souk para absorver seu clima e perceber o quão emocionante é por ali.

Tome um Coquetel no Nomad

Depois de um dia de turismo e visitações, você vai estar pronto para um bom drink! O Nomad é um dos melhores restaurantes e bares de Marrkesh, adorado pelos nativos e pelos turistas também.

nomad Gastronomia e Viagem  | http://www.royalfashionist.comHá muitíssimas mesas lá dentro caso (muito raramente) o tempo não esteja bom, mas se possível, peça uma mesa na parte de fora no terraço. Essa é uma área iluminada de maneira muito charmosa à noite e contempla belas vistas da cidade.

Passe a noite por lá e curta uma refeição bem gostosa: cada prato é preparado à mão e inspirada pelos sabores norte africanos tradicionais, o que quer dizer que não existe lugar melhor para curtir um sabor autenticamente marroquino.

Os pratos marroquinos clássicos são reelaborados para dar um toque moderno ao mesmo tempo que mantêm suas raízes originais. Dois dos melhores exemplos do cardápio são o Tagine de frango, com limão conservado e azeitonas e pastilla tradicional, que muda o seu sabor base com frequência, mas é geralmente levemente temperado com pombo.

Todo o clima por lá é bem sossegado e tranquilo, fazendo do local o lugar perfeito para fugir da agitação e do caos dos souks.

O que Há Abaixo da Superfície

O designer marroquino Artsi Ifrach disse recentemente que “O que os olhos veem não é sempre o que está acontecendo…Existem dois níveis de realidade em Marrakesh – o turismo e o subterrâneo.” Essas são palavras sábias, e assim, é importante lembrar disso se você quiser ver e entender a Marrakesh ‘verdadeira’.

Para um turista, Marrakesh pode parecer uma cidade antiga que não muda há séculos: os souks antigos vendem as mesmas coisas e oferecem os mesmos serviços de décadas atrás, as edificações antigas, as orações antigas – muito de Marrakesh parece velho e sobrenatural.

modern-art-1200x556 Gastronomia e Viagem  | http://www.royalfashionist.comCave um pouco além da superfície, porém, e você verá que graças a muitos de seus habitantes jovens, a cidade está prosperando na cena da arte moderna.

Tire um tempo do seu dia para ir até as galerias ou aos estúdios de arte da cidade e você não poderá acreditar nas obras novas que estão sendo criadas. A Galeria David Bloch (foto acima) vale a pena visitar e explorar.

Embora esta mudança esteja sendo liderada por um pequeno grupo de pessoas, é uma mudança fascinante para uma cidade que sempre foi muito resistente a mudanças.

É só quando você se abre a esse coração moderno da cidade que você pode realmente entender a profundidade, as contradições e a verdadeira maravilha da visita à Marrakesh. Um dos meus lugares favoritos no mundo todo!

Explore as Ruínas do El Badi Palac

As ruínas do El Badi Palac não são consideradas um ponto turístico tradicional, então é bem possível que você as encontre incrivelmente vazias. Apesar do fato de elas não atraírem multidões, essas incríveis ruínas oferecem as melhores vistas da cidade.
ruins Gastronomia e Viagem  | http://www.royalfashionist.com

O palácio foi encomendado pelo rei Saadian King Ahmad al-Mansur no século XVI e foi saqueado e queimado pelo seu sucessor. Porém, uma quantidade surpreendente da edificação permaneceu intacta.

O local é bem grande, a ponto de você passar uma ou até duas horas explorando fácil fácil. Certifique-se de visitar o terraço na parte frontal da estrutura – a vista das montanhas Atlas ali é realmente de tirar o fôlego. Se você quiser ver as montanhas durante a sua visita, esse é o lugar certo, e mais acessível também, caso você tenha pouco tempo.

Se você estiver em Marrakesh com o orçamento apertado, você vai gostar de saber que a entrada às ruínas custa apenas 10 dirhams marroquinos (aproximadamente 1 dólar) e o clima por ali é notavelmente calmo e relaxante.

Há um custo extra (de mais 10 dirhams marroquinos) para ver o Minbar de la Koutoubia que foi incrivelmente esculpido no meio do século XII. A exibição também contempla várias informações sobre sua mais recente reforma, então se você tiver interesse em arte islâmica, esse é um exemplo bacana.

O Palácio El Badi Palace é um lugar maravilhoso para visitar e relaxar, especialmente depois de um dia agitado nos souks!

Beba um Suco de Laranja

Pode não parecer muito chique ou a coisa mais emocionante a fazer nas férias, eu sei, mas as laranjas de Marrakesh são famosas em todo o mundo por serem as mais doces e terem o suco mais delicioso que há.

oranges-1200x900 Gastronomia e Viagem  | http://www.royalfashionist.comVocê vai ver pés de laranja quase em qualquer canto da cidade, e Djemaa-El-Fnaa (a praça principal da cidade) é repleta de vendedores vendendo sucos da deliciosa e refrescante laranja de Marrakesh.

Não só é abundante, como também é bem barato. Você pode esperar pagar de 5 a 10 dirhams marroquinos (menos de 1 dólar) por um copo. Deixe o seu squeeze de água tradicional no hotel e curta um copo de laranja na cidade sempre que tiver sede.

Várias barraquinhas oferecem suco de laranja com um toque de limão da região, ou suco de laranja vermelho, que é extremamente popular (apesar de muito mais caro que o tradicional). Embora seja interessante experimentar, nada bate o sabor simples do suco de laranja 100% aqui.

É um ritual que vai deixar muitas memórias com você quando você voltar para casa: toda vez que eu desfruto um copo de suco de laranja no brunch ou no café da manhã, eu sou imediatamente transportado de volta para os maravilhosos souks de Marrakesh.

Quando Visitar

Se você está convencido a passar as suas próximas férias em Marraskeh, então você deve estar pensando em quando é a melhor época para ir. Nós recomendamos a primavera (qualquer momento entre março e o meio de maio), pois é quando a cidade está em seu momento mais bonito – as rosas estão desabrochando, e o tempo é quente e ensolarado.

As temperatura em Marrakesh no verão tende a ser quente demais para a maioria das pessoas, passando o nível do conforto. Então, nós recomendamos evitar os meses de verão de junho, julho e agosto.

O outono é a segunda melhor época para visitar Marrakesh, uma vez que o calor do verão começa a se dissipar e fica só na memória, embora a temperatura no inverno varie durante o dia e fique bem baixa à noite: não é uma boa ideia caso você queira sentir o sol de Marrocos, mas é ideal se você não curte calor.

Se você estiver pensando em planejar suas férias agora, que tal a primavera de 2019? É a escolha perfeita.

Conclusão

Marrakesh é uma cidade incrível, e vale muito a pena visitá-la. Mesmo que você não faça nada além de sentar e beber chá, e de ver o tempo passar enquanto você se apaixona pela gentileza das pessoas e sua energia.

Uma das primeiras coisas que a maioria das pessoas percebe em Marrakesh são as cores: as cores estão em todos os lugares! Desde os terrenos terracota dos prédios até o arco-íris dos temperos nos souks, e todas as outras cores que existem na cidade.

Marrakesh é o lugar para visitar se você quer mergulhar em uma cultura e experiência completamente novas, um tipo de vida completamente diferente daquele que você vive. Meu conselho? Visite. Você não vai se arrepender!


Thank You. Download Now