Você já deve ter ouvido falar da onda lumbersexual que tem tomado conta da cabeça da maioria dos homens, não é mesmo? A ideia baseia-se na junção do estilo lumberjack (lenhador, em inglês) com o termo “sexual”.

Dentro desse grupo, os homens se vestem com roupas xadrez e ostentam barbas e pelos, muitos pelos. O intuito é até bacana, principalmente para quem apresenta a genética boa para cabelos.

Porém, tem aqueles (no meu caso) que até podem apresentar uma barba bem desenhada, porém, faltam pelos na região do peitoral. E vou além: tem homem que não curte o corpo peludo e prefere raspar dos ombros aos pés – ou da cabeça aos pés –.

É isso mesmo. Há quem busque um corpo parecido com o de modelos. Para isso, também é preciso seguir algumas recomendações e saber qual o melhor tipo de depilação para a sua pele.

Gilete Nele

A boa e antiga lâmina pode entrar em ação no seu corpo. Mas, atente-se ao pré-depilatório. Hidratação antes do procedimento faz com que a pele e os pelos fiquem mais maleáveis e provoquem menos cortes.

TT2040_32-UPL-global-001$jpglarge$&wid=1250“Recomendamos cremes hidratantes leves, cremes calmantes para pele e água termal. Alguns homens gostam de usar até condicionadores de cabelos, quando as áreas são muito peludas”, aponta Renata Ayd, dermatologista, de Niterói, no Rio de Janeiro.

Ao seguir esses passos, fica um tanto quanto difícil de aparecer aquelas bolinhas vermelhas, que parecem irritação na pele. Conversei com a dermatologista Aline Vieira, também do Rio de Janeiro. Ela me explicou que esses pontos mais escuros aparecem porque, no momento que estamos depilando a pele, ao raspá-la, é gerado um trauma no tecido, que responde por meio de um processo inflamatória.

“Essa reação ocorre exatamente onde nascem os pelos. E aí se formam as bolinhas vermelhas”, completa. Geralmente isso acontece logo após a depilação.

Se no seu caso, esse problema se dá alguns dias depois (ou quando voltam a nascer os pelos), você tem foliculite: inflamação do pelo, que fica tentando um caminho para romper a pele e nascer.

“Infecções bacterianas também podem agravar o problema, que pode ocorrer ou por conta de uma cera reusada, ou lâmina que já foi usada mais de uma vez”, afirma Aline.

Portanto, também é preciso seguir alguns cuidados após o processo. “Usar pomadas antibióticas e anti-inflamatórias ajudam a tratar o local já infectado, mas, nesses casos, é necessário consultar-se com um médico”, aconselha Laine Barcelos, depiladora do Squasso Centro de Beleza e Spa, em Niterói.

Outras opções é ter por perto cremes com ação calmante com camomila, calêndula, alfa bisabolol na formulação, por exemplo. Em casos mais graves, podemos lançar mão do uso de cremes à base de corticoides para evitar a inflamação.

E tem mais: “O uso de gilete é um pouco mais arriscado, pois tem gente que não descarta a lâmina, usando mais de uma vez, e isso aumenta o risco de infecção”, aponta Aline.

Vamos combinar: ninguém usa uma vez a lâmina e joga fora, não é mesmo? Então, uma ótima dica é deixa-la submersa, por alguns minutos, em um copo com álcool. Depois, retire e seque-a muito bem e guarde em um local fechado e limpo, longe do contato com o ar e bactérias.

Cremes Depilatórios

Confesso que eu era do tipo que torcia o nariz para esse tipo de produto. Primeiro, pois acreditava que não funcionavam. E, segundo, por medo de dar alguma reação alérgica na minha pele.

depilação-masculina-brasileiraDe fato, isso poderia acontecer. Mas, na embalagem dos produtos, é indicado fazer o teste (no antebraço), antes de sair espalhando o creme no corpo inteiro.

“A ação de três minutos da loção sobre a pele desfaz a estrutura dos fios, que se dissolvem, ficando fácil de retirá-los com uma esponja úmida”, afirma Renata.

Ela aponta que os cremes depilatórios são bastante indicados para quem tem alergia a lâminas. Agora, fica o alerta: para quem tem pele sensível, não é recomendado ficar mais do que o tempo recomendado, por que pode provocar pequenas queimaduras.

Se o pelo for muito grosso, nem sempre os três minutos são suficientes. Além disso, como o produto só atua na parte externa do pelo, faz com que o crescimento seja muito rápido do que as outras técnicas.

Cera Quente

Só de ler essas duas palavras juntas já me da calafrios. Nunca usei da técnica e espero não precisá-la jamais. Mas tem gente que não deixa de ir, mensalmente, aos centros estéticos e se besuntar de cera.

DEPILAÇÃO-MASCULINADe fato o procedimento é um dos melhores. Pois puxa os pelos pela raiz. Isso livra a pele dos fios por muito mais tempo.

Laser

Esse é o procedimento mais moderno e usado, na maioria das vezes, por quem quer ficar anos ou até o resto da vida sem a pelugem. Esse é o seu caso? Então, veja o que me disse Rosely Amaro, dermatologista do Acqua Brasil Spa, no Rio de Janeiro.

O laser nada mais é do que uma luz amplificada e direcionada que atua sobre um ‘alvo’, chamado de cromóforo, que é a melanina no caso dos pelos. Assim, quanto maior a concentração de melanina no pelo, mas fácil será para o laser destruir a estrutura folicular”, diz.

Por isso, o laser alcança melhores resultados com pelos grossos e escuros. Fios brancos, loiros e ruivos dificilmente conseguem ser captados pelo laser (ótima dica para quem é muito claro).

Cuidados Antes da Depilação a Laser

O principal é não estar bronzeado e não usar produtos com ácidos no local. Outro fator importante é não utilizar métodos que arranquem o pelo pela raiz (cera ou pinça) um mês antes da sessão.

maxresdefault(7)“Os fios podem ser raspados, com lâmina de barbear, dois dias antes da sessão. Anestésicos podem ser usados, desde que em pequenas regiões, como virilhas, buço, barba e axilas. Em locais maiores, como pernas, devem ser evitados, pelo risco de intoxicação”, alerta a dermatologista.

Agora, uma coisa é certa. Assim como depilar com gilete, a pele também precisa de cuidados após realizar as outras técnicas. Lave bem a área com sabonete antisséptico, depois seque e aplique algum creme calmante para evitar a inflamação.

Podem ser tônicos ou cicatrizantes. Não são necessárias loções, mas um produto que feche os poros e acalme a pele. A água fria imediata é muito bem-vinda, também. E lembre-se: produtos a base de álcool são extremamente proibidos após a extração do pelo, pois podem causar irritação.

A sorte está lançada! Escolha a depilação que mais lhe interessou – e que seja melhor para a sua pele – e faça parte do time dos lisos.


Thank You. Download Now